sexta-feira, 16 de junho de 2017

[Valerie Vida saudável] - Como se alimentar bem durante a gestação






Quando a mulher se descobre grávida, muitas dúvidas passam por sua cabeça, inclusive sobre sua alimentação. O estado nutricional da grávida é fator fundamental para a saúde dela e do bebê. “É por meio da alimentação materna que o pequeno vai receber toda a energia e os diversos nutrientes para evoluir da melhor forma possível. É também pelo que come que a mãe irá garantir seu bem-estar durante os nove meses, prevenindo o aparecimento de possíveis complicações, como anemia, excesso ou ganho insuficiente de peso e diabetes”, alerta a nutricionista clínica e de gestantes Dra. Mirella Monteiro.
Segundo a Dra. Mirella, gestantes necessitam ingerir diariamente quantidades adicionais de proteína, ferro, cálcio, ácido fólico, vitamina A, vitamina C, dentre outras. Já as necessidades energéticas variam de acordo com o peso pré-gestacional, semestre em que a mãe se encontra, nível de atividade física e tipo de gestação (única, gemelar, trigemelar), e devem ser calculadas pelo nutricionista. “Segundo padrões da American Dietetic Association (ADA), de 2002, as recomendações de ganho de peso total na gravidez são: para gestantes que engravidam com baixo peso, de 12 a 18 kg; para as com peso adequado, 11 a 13 kg; com sobrepeso, 7 a 11 kg e as com obesidade, menos de 7 kg”, destaca.
Em relação a frequência da alimentação, a Dra. Mirella recomenda que, de forma geral, as gestantes devem comer de três em três horas. Quando apresentam enjoo ou azia, devem comer de duas em duas horas. “Algumas medidas dietéticas têm sido sugeridas para aliviar o enjoo, como: evitar refeições ricas em gordura (principalmente em gestantes que têm digestão lenta); ingerir alimentos secos, como biscoitos cracker ou torradas, antes de levantar da cama; fazer refeições em intervalos frequentes (2 a 3 horas), com lanches ricos em carboidratos; alimentar-se em uma área bem-ventilada, sem odores; evitar condimentos/temperos e aroma fortes; preferir água e sucos bem gelados, gelo também ajuda; beber água com gás bem gelada e picolés de frutas”, informa.
Erros mais comuns das gestantes:
• Permanecer por muito tempo em jejum;
• Acrescentar alimentos ricos em cálcio nas refeições ricas em ferro (isso atrapalha a absorção do ferro);
• Tomar os suplementos prescritos pelo obstetra em horários errados;
• Comer menor quantidade de frutas, verduras e alimentos ricos em cálcio e ferro que o recomendado;
• Má higienização das frutas e verduras;
• Consumo elevado de alimentos ricos em açúcar e gordura ruim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário